sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Capítulo IV - Um pouquinho de mim


Passados alguns dias de um parto difícil e complicado, porém normal, Mariquinha, Dona Dula, Eronildes e o pequenino Zizinho, teveram que enfrentar a realidade, a velha matriarca da família dos Pereira de Souza, já demonstava sinais de que, só ficaria com o menino, seu neto, e que, o resto poderia procurar o seu destinho.

Certa de que teria que cair fora, Mariquinha já se preparava para buscar algum trabalho e Dula já havia conseguido mais algumas lavagem de roupas. Aí o destino, não se sabe porque, foi muito cruel com a família, a velha Mariá, que já sentia problemas de audição, saiu para abrir um poupança para o neto Zizinho, e, ao voltar, não percebeu que um bonde vinha em sentido contrário, quando foi avisada, não deu mais tempo, foi colhida e teve seu corpo partido em trê partes, morrendo presa nas ferragens.
Alí começava outro drama para Mariquinha e família, sem casa, sem emprego e sem prespectiva, mesmo tendo o seu filho Zizinho como herdeiro de uma bela fortuna dos Pereiras, preferiu partir e como sempre, guerreira e corajosa, foi trabalhar na roça num povoado de nome Salôbra no município de Paripiranga-Ba. (amanhã tem mais)

Um comentário:

  1. boa noite estou passanda pra dá uma atenção afável a vocês, convido a participar do meu blog que é http//: andersonoradialista.blogspot.com abraços.

    ResponderExcluir